Ilha decreta Estado de Calamidade Pública e torna ainda mais rigorosa a entrada no município

Pandemia Coronavírus - Prevenção
MUNICÍPIO DECRETA ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA E TORNA MAIS RIGOROSA A ENTRADA NA CIDADE

O prefeito da Ilha Comprida, Geraldino Junior, decretou hoje 24/03, Estado de Calamidade Pública na Ilha Comprida , para reforçar as medidas preventivas ao Coronavírus no município. Entre outras ações, o Decreto torna ainda mais rigorosa a entrada no município com interrupção total do acesso ao município a partir de hoje 24/03 , com exceção dos veículos de emergência e oficiais; os veículos transportando servidores da área de saúde e segurança; os veículos transportando trabalhadores que cumprem jornadas em turnos ininterruptos,; os veículos autorizados previamente pelo Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Urbano e os serviços de delivery. No comércio, o Decreto estabelece os serviços de Drive Thru (compras sem entrar nos estabelecimentos ) e Delivery (entregas) .
O prefeito Geraldino Júnior destacou a importância de se reforçar as medidas preventivas, uma vez que os doze casos suspeitos de Coronavírus na Ilha - que estão em isolamento domiciliar - viajaram para outras cidades. " Isso indica que o vírus não está circulante no município.Elas estão sendo monitoradas pela saúde em período integral ", explicou. Segundo o prefeito, o objetivo é "manter o foco permanecendo todos em afastamento social e com todas as medidas de higienização preventivas".
Segue Decreto na íntegra:

3

2

1